Trio porto-alegrense vence torneio veterano de bocha em Xangri-lá

Neste final de semana (17), em Xangri-lá, teve a final do 20º Torneio Praiano de Bocha Veterano. A disputa envolveu 28 trios gaúchos e dois catarinenses no Praia Clube Rainha do Mar. No município, essa modalidade esportiva recebeu o incentivo de Eugênio Ziliotto, nome das canchas de bochas junto ao clube. Hoje, a tradição de incentivar e patrocinar a disputa é seguida por Selvino Ziliotto.

“Meu pai Eugênio Ziliotto e um amigo iniciou a cancha de areia. Depois, eles construíram as canchas no clube. Isso já faz 20 anos. Enquanto eu puder, vou continuar a incentivar e a patrocinar os troféus”, afirma Selvino Ziliotto, que também recebeu uma homenagem como Atleta Destaque.

Durante a final, na tarde deste domingo (17), um torcedor entusiasmado com os lances das jogadas chama a atenção. O ex-campeão, Deoclésio Imhoff, chora ao contar a sua história com a bocha. “Esse esporte é de amizade e tive que parar por causa de problema no joelho”, relata.

Campeão

O trio de Porto Alegre formado por Jorge Antônio Filipini Weber, Luís Sartori, Volnei Branchi, e reserva, Luís Bassani venceu o trio dono da casa de Rainha do Mar composto por Marco Aurélio Gellere, José Natal Daada, Roberto de Araújo e Gílio Getúlio Tedesco de reserva. Para Bassani, o segredo para vencer é o grupo continuar parceiro e unido quando ganha ou perde no jogo.

Também de Porto Alegre, em terceiro lugar, ficou o trio Antônio Rocha, Renato Santamaria, Juarez Mamam, e de reserva, Cléo Nascimento. Em quarto lugar terminou a disputa o trio de Três Lagoas composto por Luiz Carlos Guicardi, Rudinei Lanzoni, Vilson Beal, e de reserva, Fernando Arcari.

 

O SUL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *