Prefeitura de Imbé alerta para atenção na compra de imóveis no Balneário Imara

A Prefeitura de Imbé, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Pesca e Agricultura (SEMMAPA), alerta para que a população, investidores, imobiliárias e corretores de imóveis, fiquem atentos para imóveis comercializados no Balneário Imara. Conforme a SEMMAPA, muitos terrenos no local ficam em Área de Preservação Permanente (APP). Com isso, as obras nestes lotes acabam sendo embargadas. Em Imara existe um campo de dunas móveis onde construções são proibidas.

Conforme o secretário Clairton Alves, é grande o número de processos na pasta. “Estamos instruindo os compradores de terrenos nesta APP com construção embargada a fazerem um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia, com ajuizamento na Justiça e também na junto ao Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (CRECI)”, ressalta Clairton.

2 comentários em “Prefeitura de Imbé alerta para atenção na compra de imóveis no Balneário Imara

  • 20 de dezembro de 2019 em 12:07
    Permalink

    Se a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Pesca e Agricultura – SEMMAPA, da Prefeitura do Imbé, tinha conhecimento de ações de grileiros em área de APP, conforme se observa matéria acima, publicada no dia 02 de setembro de 2019, por este nobre jornal, bem como a Patrulha Ambiental da Brigada Militar (PATRAM), também têm, pois visitaram o local em ação conjunta no dia 22 de outubro último, ambos sabia da ação de que “corretores estariam vendendo lotes no local de forma clandestina”, não se vê razão plausível para a SEMMAPA autuar proprietários de lotes em APP, cujos lotes foram de forma clandestina cercados por, emitir uma série de Autos de Infração Ambiental contra proprietários dos lotes do Setor 02 da Quadra 82 da Praia de Imara. Trata-se de um caso de polícia e não de ataque ao meio ambiente, vez que toda a Quadra 82 foi cercada ao mesmo tempo ao mesmo tempo, com o mesmo material (madeira e arame). Eu sou proprietário de um desses lote e não autorizei ninguém a cercar este lote, bem como o de meu pai, falecido em 1995, em lote ao lado. Muito agradeceria se este nobre jornal pudesse fazer ampla matéria a respeito, pois só assim a Polícia Ambiental (PATRAM) poderá prender os verdadeiros culpados e evitar que compradores desavisados percam dinheiro para grileiros.

    Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 12:28
    Permalink

    Comentário Corrigido:
    Se a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Pesca e Agricultura – SEMMAPA, da Prefeitura do Imbé, tinha conhecimento de ações de grileiros em área de APP, conforme se observa na matéria acima, publicada pelo Correio do Imbé no dia 02 de setembro de 2019, bem como se a SEMMAPA e a Patrulha Ambiental da Brigada Militar (PATRAM), visitaram o local em ação conjunta no dia 22 de outubro último, pode se supor que ambos sabem da ação de grileiros, como destacado na matéria com o comentário de que “corretores estariam vendendo lotes no local de forma clandestina”, não se vê, portanto, razão plausível para a SEMMAPA autuar proprietários de lotes em APP, cujos lotes foram cercados por grileiros de forma clandestina. A SEMMAPA emitiu inúmeros Autos de Infração Ambiental contra proprietários dos lotes do Setor 02 da Quadra 82 da Praia de Imara, por exemplo. Estes não foram cercados pelos proprietários, mas sim por grileiros. Trata-se, portanto, de um caso de polícia e não deveria ter o fim arrecadatório ao multar proprietários que sequer podem construir nesta Quadra. Ação dos grileiros se faz presente na Quadra 82, pois esta foi cercada ao mesmo tempo, com o mesmo material (madeira e arame). Eu sou proprietário de um desses lote e não autorizei ninguém a cercar o meu lote, bem como o de meu pai, falecido em 1995, lote ao lado do meu. Muito agradeceria se este nobre jornal pudesse fazer ampla matéria a respeito, pois só assim a Polícia Ambiental (PATRAM) poderá prender os verdadeiros culpados e evitar que compradores desavisados percam dinheiro para grileiros.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *