Posto de Criminalística do IGP no Litoral passa a contar com atendimento em tempo integral

Destaque Geral Polícia

O Posto de Criminalística do Instituto-Geral de Perícias (IGP) no Litoral gaúcho, localizado em Capão da Canoa, passou a contar com atendimento integral, todos os dias da semana. Até então, em alguns dias, o acompanhamento de ocorrências era realizado pelas equipes do Departamento de Criminalística, cuja sede fica em Porto Alegre. A área de abrangência do posto de Capão compreende 25 municípios, de Tavares, no Litoral Sul, a Torres, no Litoral Norte. A distância entre esses dois municípios é de 284 quilômetros.

Desde o início de maio, o Posto de Criminalística passou a contar com mais um perito criminal, o que possibilitou a autonomia da unidade, que acompanha, em regime de pronto atendimento, locais de morte violenta como homicídios, latrocínios e suicídios, além de ocorrências de furto e arrombamento, disparo de armas de fogo, entre outros. Os acidentes de trânsito, até então atendidos pela Equipe de Exame Pericial em Acidentes de Trânsito (Epatran), com sede em Porto Alegre, também passam a ser responsabilidade da sede no litoral.

O Posto tem à disposição duas viaturas novas semiblindadas, adquiridas pelo Estado, e maletas de local de crime doadas pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Durante a Operação RS Verão Total 2021/2022, período em que o posto recebeu reforço específico para funcionar de forma ininterrupta, foram realizados 145 atendimentos, entre perícia criminal, locais de morte violenta e exame papiloscópico.

Segundo a chefe da Divisão de Pronto Atendimento, Íngara Fiszher Jorge, a chegada de mais um servidor, dentro do planejamento de reposição programa de efetivo a partir do cronograma de chamamento apresentado pelo governo, foi essencial para assegurar o atendimento integral na unidade. “A mudança vai reduzir o tempo de deslocamento até as ocorrências, garantindo uma prestação de serviço mais rápida e qualificada”, afirma Íngara.

Texto: Tainá Costa/Estagiária de Jornalismo IGP
Edição: Ascom SSP