POLÍCIA FEDERAL CONTABILIZA 112 MILHÕES DE REAIS APREENDIDOS EM BENS E VALORES DO CRIME ORGANIZADO NO RS

A Polícia Federal no Rio Grande do Sul, para marcar o Dia do Policial Federal, divulga neste 16 de novembro, informações sobre resultados operacionais e administrativos alcançados em 2020.
Desde 01 de janeiro, são contabilizados 112 milhões de reais em bens e valores apreendidos, que foram retirados de organizações criminosas e que poderão ser revertidos para a União. No ano, foram deflagradas 35 operações especiais, além de outras ações e 370 flagrantes, que evitaram prejuízos milionários, resultaram na apreensão de 11,6 toneladas de drogas (1,9 tonelada de cocaína e 9,7 toneladas de maconha) na prisão de lideranças e descapitalização das organizações criminosas.
Em matéria de Polícia Judiciária da União, a Polícia Federal no estado tem 4,5 mil inquéritos policiais em andamento, sendo 2,5 mil instaurados em 2020. Neste ano, a Superintendência Regional e as 13 unidades do interior do estado alcançaram o índice de 92% dos inquéritos em meio digital, no Sistema E-Pol, e possivelmente chegará a 100% até o final de 2020.
Além das atividades operacionais, a Polícia Federal presta diversos serviços aos cidadãos, como emissão de passaporte, concessão de registro e de porte de armas, controle de empresas de segurança privada, fiscalização de produtos químicos e controle migratório nas fronteiras e aeroportos. Apesar das restrições impostas pela pandemia, foram emitidos 43 mil passaportes, 19 mil registros de armas, sendo 13 mil de novos armamentos, além de deferimento de 1, 1 mil portes para defesa pessoal (cidadão) no ano de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *