Patram vai coletar dados para apurar o que matou animais em Cidreira

Destaque Geral

Após turistas avistarem pinguins e lobos marinhos mortos à beira da praia de Cidreira, no litoral Norte, na manhã dessa terça-feira (16), a Patrulha Ambiental da Brigada Militar (Patram) afirmou que vai coletar dados para apurar as razões. De acordo com a Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan), que registrou a ocorrência, pescar é proibido na região, embora tenham sido vistas redes cruzando a areia, em direção ao mar. Pelo menos 20 animais morreram em um trecho entre três guaritas da cidade.

Acionada, a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) informou que, por se tratar de área costeira, a responsabilidade é do Ibama. Já o Instituto federal disse à reportagem ainda não ter sido informado oficialmente sobre a ocorrência.

A Agapan informou que, conforme a Patram, serão feitos exames nos animais, e que ainda não é possível afirmar que eles tenham morrido por conta de redes de pesca. Além disso, a Patram solicitou as imagens registradas pelos turistas nessa manhã.

Fonte: Laura Gross/Rádio Guaíba
Foto: Agapan/ Divulgação