Parceria entre governo do Estado e consulado americano promoverá intercâmbio de jovens gaúchos nos EUA

Destaque Esportes Galeria Geral Imbé Tramandaí

O governador Ranolfo Vieira Júnior lançou, na tarde desta segunda-feira (27/6), no Palácio Piratini, o programa Sports Diplomacy – Esporte para a Mudança Social, em parceria com o consulado dos Estados Unidos em Porto Alegre. A ação promoverá a viagem de oito jovens gaúchos, de 16 a 18 anos de idade, praticantes de artes marciais e integrantes de projetos sociais, em Boston, nos EUA. O intercâmbio ocorrerá de 22 de julho a 4 de agosto próximos.

O objetivo é realizar uma troca entre as culturas, assim como utilizar o esporte como catalisador de mudanças sociais para a população jovem. “O primeiro programa estruturante de nosso governo foi o RS Seguro, lançado em fevereiro de 2019. O eixo 2 do projeto trata de políticas sociais, preventivas e transversais, e a ação que lançamos hoje trata disso. Outro ponto importante é que a ação promove a integração entre órgãos e entidades em busca de um bem comum”, afirmou Ranolfo.

Se dirigindo aos jovens, o governador complementou. “Tenho certeza que será um momento ímpar na vida de todos. Uma experiência positiva que vocês certamente vão transmitir para suas comunidades. Desejo, do fundo do coração, que aproveitem ao máximo esta viagem”, disse.

A parceria integra os programas RS Seguro e o Sport for Social Change Program (SSC), o qual é financiado pelo Escritório de Assuntos Educacionais e Culturais do Departamento de Estado dos EUA. “Estamos celebrando um momento especial, de pensar e promover políticas sociais e transversais. Uma oportunidade que vai mudar a vida dos envolvidos”, comentou o coordenador do RS Seguro, delegado Antônio Padilha.

Conforme o cônsul-geral dos EUA em Porto Alegre, Shane Christensen, o projeto é pioneiro no Brasil. “Temos histórico de apoiar intercâmbios, porém, esta é a primeira vez que a missão diplomática dos EUA promove esta ação com um órgão de Segurança Pública brasileiro. Quando recebemos a proposta do Governo do RS, apoiamos de imediato, porque queremos colaborar para tornar este sonho conjunto em realidade”, disse.

Com o acordo de cooperação firmado, foi possível agilizar a emissão dos passaportes dos jovens junto à Superintendência Regional do Rio Grande do Sul do Departamento de Polícia Federal – SRRS/DPF. As despesas para a emissão dos passaportes dos jovens foram custeadas com recursos do Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública – PISEG/RS, decorrentes do Fundo Comunitário Pró-Segurança.

Seleção dos jovens

A Central Única das Favelas (Cufa) também é parceira e colaborou na seleção dos oito jovens que representam as regiões do Estado. “Todos os escolhidos têm perfil de liderança. Eles são incríveis e representam não só a si, mas todas as suas comunidades. Nosso trabalho na Cufa é mostrar a periferia como parte da solução, não do problema. Que eles sejam os primeiros a fazer esta ponte”, disse Paulo Daniel Santos, um dos coordenadores da Cufa no RS.

Cinco adultos vão acompanhar o grupo: dois representantes da Cufa, duas servidoras da equipe do RS Seguro e uma professora e tradutora da língua inglesa da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs).

Os intercambistas selecionados são moradores de cidades priorizadas pelo RS Seguro, como é o caso de David de Arruda Prates, que pratica judô e é do município de Bento Gonçalves. “Sei o que isso representa. Acredito que o esporte muda as coisas. Vai ser uma honra representar meus colegas, meu Estado e meu país”, disse David.

Os intercambistas

• David de Arruda Prates – Judô – Bento Gonçalves
• Gabriel Garcia Gonçalves – Jiu-Jitsu – Porto Alegre
• Jhonatan Loreto Figueiró – Capoeira – Santa Maria
• João Vitor Rost Padilha – Jiu-Jitsu – Tramandaí
• Jobert Martins da Rosa – Taekondo – Pelotas
• Kawelly Leonarda de Freitas – Capoeira – Esteio
• Maria Eduarda Machado Silveira – Jiu-Jitsu – Rio Grande
• Ronaldo dos Reis Mesquita – Capoeira – Passo Fundo

Texto: Lucas Barroso
Edição: Secom