Ministério Público, Brigada Militar, Polícia Civil e Conselho Tutelar realizaram ação em conjunto contra tráfico de drogas em Tramandaí

Na manhã desta sexta-feira, 06, o Ministério Público, juntamente com a Brigada Militar, Conselho Tutelar e Polícia Civil, desencadeia uma AÇÃO COLETIVA DE SEGURANÇA PÚBLICA, visando o combate contra o tráfico de drogas, nos Municípios de São Sebastião do Caí, Tramandaí e Torres.
Foram cumpridos 10 mandados de prisão e 20 de busca e apreensão em investigação de uma organização criminosa que atua no tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Todos os mandados foram expedidos para pessoas com atuação direta no tráfico de drogas, muitas delas já envolvidas em ocorrências com prisões em flagrante.

No total, mais de 20 pessoas são suspeitas da comercialização de entorpecentes na cidade de São Sebastião do Caí, chefiadas por dois irmãos. Também foram sequestrados cinco veículos, duas casas e um apartamento, além do bloqueio de contas bancárias de 14 investigados. O sequestro e bloqueio de bens e valores são necessários por haver suspeita de serem utilizados para a lavagem do dinheiro proveniente do tráfico.

A operação, coordenada pela Promotora de Justiça Cristine Zottmann, iniciou a partir de investigações da Corregedoria-Geral sobre a participação de policiais militares em associação para o tráfico na cidade, o que, com as provas até então obtidas, não foi confirmado. No entanto, com o esforço conjunto entre as instituições, foi possível identificar a organização criminosa.

As prisões preventivas foram solicitadas pelo Ministério Público para a conveniência da instrução criminal, para evitar a intimidação de testemunhas, e para a garantia da ordem pública – a decretação de prisão domiciliar, por exemplo, não evitaria que os criminosos seguissem a atividade de tráfico de drogas, já que suas casas eram utilizadas justamente com essa finalidade.

Envolvidos 118 Policiais Militares, 20 policiais civis, membros do Ministério Público, Conselho Tutelar e represente da OAB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *