Ministério da Saúde assina contrato para compra de 20 milhões de doses da Covaxin da Índia

O Ministério da Saúde informou nesta quinta-feira (25/02) que assinou um contrato para a compra de 20 milhões de doses da vacina Covaxin junto à Precisa Medicamentos/ Bharat Biotech. A pasta informou que o investimento total foi de R$ 1,614 bilhão na compra da vacina produzida na Índia. As primeiras 8 milhões de doses do imunizante devem começar a chegar já no mês de março, em dois lotes de 4 milhões a serem entregues entre 20 e 30 dias após a assinatura do contrato.

Apesar da boa notícia, a vacina da Covaxin ainda não possui registro definitivo no Brasil, nem teve uso emergencial aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Nacional (Anvisa) e, por isso, não poderia ser aplicada nos brasileiros caso já estivesse disponível.

Até o momento, a Anvisa não recebeu nenhum pedido de uso emergencial, nem de registro definitivo da Covaxin, apenas um pedido para a realização de pesquisa clínica de fase 3 da vacina indiana no Brasil. A solicitação foi apresentada pelo laboratório Precisa Farmacêutica, que é a parceira da Bharat Biotech no Brasil. A agência, no entanto, aguarda a complementação de dados para iniciar a avaliação da solicitação.Em abril, o Governo Federal espera receber outras 8 milhões de doses de imunizantes importados da Índia, no prazo de 45 e 60 dias após oficialização da compra. Em maio, é esperado o último lote de doses, com 4 milhões de unidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *