Leite convida secretário da Fazenda do Espírito Santo para fazer parte do governo

O atual secretário da Fazenda do Espírito Santo, Bruno Funchal, foi convidado pelo governador eleito Eduardo Leite (PSDB) para assumir o comando da mesma secretaria no Rio Grande do Sul. Graduado em economia pela Universidade Federal Fluminense, com doutorado em economia pela Fundação Getúlio Vargas (RJ) e pós-doutorado pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada, Funchal é considerado linha dura pelos colegas de secretariado do Espírito Santo, o que significa que guarda o cofre do Estado sob seu absoluto controle.

Justamente a qualidade destacada no Espírito Santo é, também, uma das principais críticas feitas a ele, que já foi professor titular da Fucape Business School e pesquisador visitante da Wharton School, universidade da Pensilvânia. Seus adversários o acusam de ter excessiva preocupação com a despesa, deixando em segundo plano a busca de novas receitas.

Leite, que embarcou nessa quarta-feira para o Rio de Janeiro, para conceder entrevistas para jornais e televisões, deverá manter nova conversa com Funchal entre hoje e amanhã. Funchal é jovem, assim como o governador eleito do Rio Grande do Sul, tem 38 anos, e está no comando da secretaria do Espírito Santo há pouco mais de um ano. Ele é muito próximo também de Ana Paula Vescovi (ex-secretária da Fazenda e atual secretária do Tesouro Nacional), a quem Leite também teria contatado para assumir a Fazenda no RS. Vescovi teria referendado o nome de Funchal para o governador eleito do Rio Grande do Sul.

Hoje, Leite vai para São Paulo, onde participa de encontro nacional dos governadores do PSDB. Leite retorna ao Estado na amanhã pela manhã. Entre a sexta-feira e a próxima semana o tucano dará continuidade às reuniões com as bancadas desta legislatura. Também nas próximas semanas ele solicitará encontros com presidentes de partidos.

 

Correio do Povo

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *