Fase 2 do programa Avançar na Saúde destina mais de R$ 19 milhões para Porto Alegre e Região Metropolitana

Destaque Geral Tecnologia

Para qualificar o atendimento à população, a fase 2 do programa Avançar na Saúde, anunciada na terça-feira (4/1), destinará ao longo do ano mais de R$ 19 milhões para hospitais, farmácias de medicamentos especiais (FMEs) e atenção básica de Porto Alegre e da Região Metropolitana.

Hospitais receberão R$ 14,7 milhões. O Hospital Municipal de Novo Hamburgo foi contemplado com o maior valor, de R$ 9 milhões, para construção de um anexo com cinco pavimentos. Também terá 92 novos leitos destinados a pacientes do SUS e dez novas salas cirúrgicas, centro de imagem, de diagnóstico e hemodinâmica.

No Hospital Dom João Becker, de Gravataí, R$ 4,2 milhões financiarão a reforma da nova entrada da emergência e ambientes de apoio (salas de urgências, eletrocardiograma, inalação e aplicação de medicamentos, de suturas e curativos), além da ampliação do atendimento no local.

Para o Hospital Beneficente São Vicente de Paulo, em Osório, R$ 1 milhão serão utilizados na reforma da emergência, do ambulatório e do centro de obstetrícia, garantindo ainda a ampliação e qualificação dos atendimentos de urgência e emergência SUS aos municípios do Litoral Norte.

Também serão investidos R$ 500 mil na reforma, adaptação, ampliação, manutenção e conservação da estrutura da Fundação Hospitalar de Rolante.

Farmácia Cuidar+ e Rede Bem Cuidar

Mais R$ 2,945 milhões serão destinados aos 53 municípios que fazem parte da 1ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) que aderiram ao Farmácia Cuidar+, programa de qualificação das farmácias de medicamentos especiais, que disponibilizam remédios à população para tratamento de doenças não transmissíveis, como artrite, Alzheimer e asma, alguns deles de alto custo.

Os valores, entre R$ 35 mil e R$ 100 mil, serão utilizados nos eixos Estrutura, voltado para qualificar o armazenamento dos medicamentos e ampliação do espaço de atendimento, e Cuidado Farmacêutico, que visa enfrentar a baixa adesão da população aos medicamentos pelos portadores de doenças crônicas.

Em sua fase 2, o Avançar na Saúde também destinará R$ 1,41 milhão aos 47 municípios da região que fazem parte da Rede Bem Cuidar. Em 2021, o governo do Estado destinou R$ 30 mil a cada um que aderiu ao programa, que dá apoio à atenção básica. O mesmo valor será repassado este ano.

• Confira a notícia sobre o lançamento da segunda fase do Avançar na Saúde.

Texto: Ascom SES
Edição: Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.