Famurs solicita para as prefeituras gaúchas a compra e distribuição de cestas básicas para as famílias carentes dos municípios

O Comitê de Crise da Famurs solicitou nesta quinta-feira (19.03) para as 497 prefeituras do Rio Grande do Sul a compra e distribuição de cestas básicas para as famílias carentes dos municípios. A medida visa garantir o abastecimento de itens essenciais de alimentação para a população afetada pelos efeitos provocados pelo coronavírus.  Outro pedido que a Famurs solicita aos municípios é a realização do Decreto de Calamidade Pública. Um modelo de decreto foi enviado para as 497 prefeituras gaúchas implantarem.

O Comitê de Crise da Famurs também realizou outras solicitações para o Governo do Estado e Federal, dentre elas a suspensão do pagamento das contas de água e luz para toda a população do RS e a prorrogação do pagamento do IPVA.

Confira todas as medidas propostas pelo Comitê de Crise da Famurs nesta quinta-feira, 19/03/2020:

1 – Suspensão do pagamento das contas de água e luz para toda a população do RS em função da crise econômica provocada pelo coronavírus.

2 – Desoneração tributária sobre os itens das cestas básicas.

3 – Compra de cestas básicas para as famílias carentes pelos municípios.

4 – Recadastramento temporário das famílias pobres excluídas dos programas Bolsa-Família e Fome Zero nos últimos 4 anos.

5 – Decretação do estado de calamidade pública, seguindo o Estado e o Governo Federal, pelos municípios do Estado.

6 – Prorrogação do pagamento do IPVA.

7 – Liberação de verbas para aceleração das obras públicas em saúde (hospitais e demais unidades de saúde), utilizando-se mão de obra das empresas privadas e das Forças Armadas.

Um comentário em “Famurs solicita para as prefeituras gaúchas a compra e distribuição de cestas básicas para as famílias carentes dos municípios

  • 20 de março de 2020 em 19:55
    Permalink

    A uma família no bairro da restinga velha uma mãe desempregada com 3 crianças em casa, passando necessidade, como conseguir está cestas básicas? Pra levarem pra eles, agora com esta questão do corona vírus ela fico sem faxinas pra fazer,as crianças não tem culpa

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *