Estados debatem a permanência dos Leitos de UTI Covid-19 na rede de saúde

A secretária da Saúde do Estado, Arita Bergmann, e a secretária-adjunta da Saúde, Aglaé Regina da Silva, participaram, nesta quarta-feira (28), de forma virtual, da 10ª Assembleia do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

A habilitação de leitos de UTI Covid-19 pelo Ministério da Saúde e sua permanência na rede de atendimento, como legado dos planos de contingência estaduais, foi debatida durante a reunião. A secretária Arita Bergmann propôs que o Conass formalize para o Ministério da Saúde a necessidade de prorrogação automática da habilitação dos leitos de UTI Covid-19. “Devido à instabilidade do número de casos de coronavírus nesta pandemia, não temos definição da possibilidade de fechamento de leitos”, afirmou.

A secretária também solicitou um apoio do Programa Todos pela Saúde para a implementação da vacinação contra a Covid-19, em todo o país.

Também foram temas abordados durante a assembleia, a atualização sobre a perspectiva de haver uma vacina contra o coronavírus no Brasil, a retomada de cirurgias eletivas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), devido à demanda represada durante a pandemia. Foi realizado, ainda, um balanço da iniciativa Todos pela Saúde, programa que contribuiu com doações e apoio aos Estados durante a pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *