CRIME AMBIENTAL – Quatro toneladas de peixes mortos aparecem na beira mar de Atlântida Sul.

Barcos de pesca foram visto no mar realizando arrastão durante o dia de ontem próximo ao litoral gaúcho, segundo informações obtidas pelo Correio do Imbé, na tarde de ontem, sexta-feira (19) o helicóptero da Brigada Militar tentou localizar os barcos mas não foi possível.

Veranistas que estavam na praia, informaram que os barcos descartaram próximo a costa da praia de Atlântida Sul à Imbé mais de quatro toneladas de bagre ( foto ). Um crime ambiental gravíssimo.

No final do dia a prefeitura de Osório e Imbé realizaram a limpeza da beira mar e a PATRAM/BRIGADA MILITAR vai investigar e tentar localizar os pesqueiros que realizaram o descarte dos peixes.

2 thoughts on “CRIME AMBIENTAL – Quatro toneladas de peixes mortos aparecem na beira mar de Atlântida Sul.

  • 20 de janeiro de 2018 at 17:39
    Permalink

    Limparam o local? Não sei onde, porque a praia está fedendo dos peixes que estão jogados na beira do mar e não foram recolhidos! Favor corrigir a informação!

    Reply
  • 22 de janeiro de 2018 at 00:57
    Permalink

    Então não pode descartar bagre? Afinal é uma espécie proibida, não?
    Mas se o bagre cair na rede como o pescador deve proceder? E os espécimes que morrerem devido ao malhar na rede? O pescador é obrigado a realizar massagem cardiaca pra ressuscita-los? Se leva pro porto é crime! Se descarta é crime? Pescar é crime? Milhares de pescadores sofrem na pele com essas proibições para sustentar suas famílias.

    Reply

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: