Combate ao mosquito da dengue marca o Dia Mundial da Saúde

Para marcar o Dia Mundial da Saúde, comemorado em 7 de abril, a Secretaria da Saúde (SES), em conjunto com a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), oferece na quinta-feira (11) uma série de atividades no Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff), em Porto Alegre.

A programação inclui oficinas, rodas de conversa e exposição de trabalhos sobre diversos temas, como dengue, plantas medicinais e agrotóxicos. O evento é promovido pelos programas de Saúde do Servidor (Proser) das duas secretarias.

Um estande com orientações sobre prevenção à dengue, com mostra de larvas do mosquito Aedes aegypti, explicando o ciclo de vida do inseto, será instalado ao lado do auditório do Caff. A chefe da Divisão de Vigilância Ambiental em Saúde, Lúcia Mardini, diz que diante da gravidade das doenças transmitidas pelo Aedes e do crescente número de casos de dengue e zika registrados em 2019, a SES faz um chamamento para que o Dia Mundial da Saúde seja um marco no combate a esse inseto. “O mosquito se caracteriza pelo hábito domiciliar, ou seja, ele está dentro das residências ou nos pátios. Cabe ao morador manter a própria casa livre de focos, não deixando água parada”, afirma.

Saúde é bem-estar

Também haverá a exibição do filme “O começo da vida”, da cineasta Estela Renner. O documentário aborda a importância do incentivo ao desenvolvimento infantil. A sessão será às 9h30, no auditório do Caff, e é uma iniciativa do programa Primeira Infância Melhor (PIM), do governo do Estado.

O Dia Mundial da Saúde foi criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em 1948. Neste ano, o tema é acesso e cobertura universal de saúde se concentra na atenção primária à saúde (APS), equidade e solidariedade. O slogan é “Saúde universal: para todos e todas, em todos os lugares”. A OMS define saúde como um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas como a ausência de doença ou enfermidade, explica a coordenadora do Proser/SES, Madalena Paulino.

O objetivo da data é sensibilizar a população sobre a importância de promoção da saúde para ter uma melhor qualidade de vida. “Queremos trazer para o público atividades presenciais, com enfoque lúdico e pedagógico para maior alcance na conscientização, tanto dos servidores estaduais como das pessoas que circulam no Caff”, afirma Madalena.

Marcelo Flach

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *