Comando Rodoviário inicia a 49º Operação Golfinho nas rodovias estaduais

O Comandante do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), coronel José Henrique Gomes Botelho, recepcionou nesta quinta-feira (13), os policiais rodoviários da Corporação que se apresentaram para apoio ao policiamento nas rodovias estaduais, na 49º Operação Golfinho. A recepção ocorreu na sede 5ªCia Rodoviária de Osório e a formatura foi realizada no auditório da Faculdade Cenecista do município (Facos).

O coronel Botelho enfatizou que o objetivo da Operação Golfinho é proporcionar maior segurança nas rodovias estaduais que dão acesso à região litorânea. Disse que este ano o efetivo da Brigada Militar estará fiscalizando as rodovias com novo aporte tecnológico. “Adquirimos 40 etilômetros, 653 coletes balísticos, 70 rádios transceptores portáteis, 300 algemas e 20 medidores de velocidade (Tipo Monóculo) para os policiais do CRBM, totalizando um investimento de aproximadamente R$ 2,5 milhões”.

Além destes, o oficial lembrou que foram adquiridos, por meio do convênio junto à Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), mais 40 tablets e 40 impressoras que compõem o projeto de talonário eletrônico de multas (TEM), que é um sistema com equipamento portátil desenvolvido para registro de infrações de trânsito. Com ele, o agente substitui o bloco de papel e a caneta esferográfica por um aparelho que agiliza o processo e o preenchimento com eficácia e segurança.

De acordo com o Comandante do 3º Batalhão Rodoviário da Brigada Militar (3ºBRBM), major Rovani da Costa Silveira, responsável pela Operação no Litoral Norte, o período de verão é um dos mais críticos do calendário estadual de operações, pois conta com grande fluxo de veículos nas rodovias, ensejando ao Batalhão Rodoviário atenção constante aos possíveis desrespeitos às normas de circulação e conduta.

No intuito de inibir as infrações de trânsito nos trechos rodoviários que demandam maior preocupação, será dado ênfase na fiscalização de consumo de bebida alcoólicas pelos condutores, nas ultrapassagens indevidas, no excesso de velocidade, na falta de equipamentos de segurança, no excesso de peso e o não uso do cinto de segurança, capacete ou cadeirinha para crianças, tão necessárias à preservação de vidas.

Como ferramenta educativa, estarão disponíveis as Escolinhas de Trânsito, que despertam no público em geral, um ambiente lúdico e educativo, onde são transmitidas regras fundamentais ao trânsito seguro. Também haverá concentração de policiais nas rodovias que dão acesso ao Litoral Sul do RS e praias internas.

CRBM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *