CIDREIRA: Dia Mundial da Limpeza

Destaque Geral
Na última sexta-feira (17), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Pesca e Agricultura de Cidreira uniu forças com cerca de 30 voluntários e empresas do comércio local para a ação no Dia Mundial de Limpeza. Divididos em dois grupos, os voluntários recolheram resíduos de todos os tipos no Calçadão Kanitã e na Costa do Sol.
“O Dia Mundial da Limpeza é um movimento cívico que une 180 países e milhões de pessoas em todo o mundo para limpar o planeta. Em um único dia! No dia 18 de setembro de 2021, o Dia Mundial da Limpeza acontecerá pela 4ª vez. Desde 2018, 50 milhões de pessoas saíram e limparam suas cidades, rios e comunidades dos resíduos.”
Ao todo foram recolhidos os seguintes objetos:
• Bitucas de Cigarro (732)
• Plásticos de diversos tamanhos (959)
• Pedaços de Madeira (89)
• Pedaços de Metal (26)
• Pedaços de Borracha (63)
• Linhas/barbantes (86)
• Tecidos (43)
• Papel (34)
• Material de Pesca (191)
• Vidro/Cerâmica (35)
• Vela/Parafina (83)
• Eletrônico (01)
• Seringa (05)
Segundo as Organizações das Nações Unidas (ONU), estima-se que mais de oito milhões de toneladas de plástico vão parar nos oceanos todos os anos, causando danos à vida marinha e a atividades econômicas como a pesca e o turismo. Pelo fato dos oceanos serem fontes oxigênio e de alimentos, a poluição no mar também prejudica a saúde humana. Latas, copos, garrafas e outros materiais plásticos, chinelos, bitucas de cigarro, restos de petrechos de pesca e até agulhas são alguns dos materiais que são descartados no lugar errado vão parar no fundo do mar.
O movimento acontece em mais de 180 países com objetivo de recolher lixo de ruas, praças, rios e praias. Além da coleta e destinação correta do lixo, a ideia é mobilizar voluntários e disseminar informações sobre os cuidados com o meio ambiente.
Criado no ano de 1986 pela organização Norte-Americana Ocean Conservancy, o International Coastal Clean Up, ou em tradução literal, “Limpeza Costeira Internacional”, foi o primeiro movimento organizado no mundo para realizar campanhas de limpeza em cidades costeiras. Envolvendo comunidades inteiras, que ajudaram a produzir algumas das primeiras pesquisas e relatórios sobre poluição nas praias e seus ambientes associados.
No Brasil as ações de limpeza inspiradas no formato norte-americano e australiano chegaram ao país promovidas por organizações autônomas no final dos anos de 1990 e começo de 2000, que definiram as campanhas pelos nomes “Dia Mundial da Limpeza em Rios e Praias”.
– APOIO:
Limpa Brasil;
Prefeitura Municipal de Cidreira, Secretaria Municipal de Meio Ambiente Pesca e Agricultura;
Emater;
Grupo Saúde e Ação;
Reciclagem Polaco;
– PATROCINADORES:
Asun Supermercados;
Banrisul;
Giga Net;
Litoral Net;
“Parabéns a todos que participaram desta ação!! Parabéns a todos que se preocupam com o meio ambiente!!”
Secretaria de Meio Ambiente, Pesca e Agricultura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.