CAPS promove ação de inclusão de pessoas em situação de vulnerabilidade

O convívio social é um direito de todos e incluir pessoas em situação de vulnerabilidade em ações culturais fora do espaço convencional de tratamento é importante para reintegrar essas pessoas na sociedade.

Pensando nisso a equipe do CAPS de Tramandaí articulou uma saída de campo com os pacientes e alguns convidados, onde cada profissional se responsabilizou pelos cuidados dos pacientes para conduzirem o passeio.

A visita começou na parte da manhã de quarta -feira (17/07) em Porto Alegre no Geração POA, um serviço do SUS que faz parte da rede de Atenção Psicossocial de Porto Alegre, local onde são articulados diferentes tipos de oficinas e trabalhos, com a finalidade de inclusão, geração de renda e sustentabilidade, através da economia solidária.

A tarde os pacientes e a equipe aproveitaram para conhecer o Museu de Ciências e Tecnologia da PUC, sendo que muitos dos pacientes não tiveram a oportunidade de conhecer o local.

“O passeio baseia-se naquilo que acreditamos ser o processo de ressocialização em Saúde Mental, extravasar além dos muros, conhecer e vivenciar novas possibilidades de tratamento e seus benefícios, isso aliado com o tratamento com farmacológicos, por vezes de internação quando necessário e ainda psicoterápicos. Voltamos revigorados e cheios de novas ideias de projetos para o CAPS de Tramandaí”, salientou a Coordenadora de Saúde Mental Amanda Maciel.

Esta ação contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Tramandaí e a empresa Expresso Norte que disponibilizou o transporte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *