Brigada Militar conta com o apoio de um oficial argentino na 49° Operação Golfinho

Durante a 49° Operação Golfinho um oficial-ajudante da Polícia de Misiones, localizada na Argentina, irá acompanhar e colaborar com a Brigada Militar no atendimento de ocorrências que envolvam turistas espanhóis, ou que falem o idioma, no litoral gaúcho.

O oficial subajudante, Tenente Alvaro Daniel Pitan, veio da cidade de Leandro N.Alem na província de Misiones para acompanhar a operação e ficará até o final da temporada, em março deste ano. Segundo o Tenente Pitan, a sua principal função no Litoral Gaúcho  é auxiliar os veranistas, principalmente argentinos que se envolverem em alguma ocorrência, colaborando assim, com a Brigada Militar e também com a Polícia Civil na resolução das mesmas. “Em caso de estrangeiros que tenham alguma ocorrência aqui, eu irei fazer imediatamente as comunicações ao meu comando na Argentina e eles prosseguirão o contato para com as famílias das vítimas”, salientou o oficial.

A ação de integração entre as polícias vizinhas tem como fundamentação o memorando assinado em 14 de março de 2017, pelo ex-governador José Ivo Sartori (PMDB) e o governador da província de Misiones, Hugo Passalacqua, durante a visita do então ex-chefe do Executivo gaúcho ao país vizinho. O memorando concretizou um acordo bilateral que consolida as relações de integração entre o Rio Grande do Sul e Misiones.

O tenente argentino ficará a disposição na 3° Companhia do 2° Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas da Brigada Militar (3° CIA/ 2°BPAT), situada em Tramandaí. Ele poderá ser contatado em caso de ocorrências pelo telefone internacional: 00 (operadora) 5493764840071.

Comunicação Social/EMBM

Texto e publicação: Sd Adriély Escouto -PM5

Fotos: Sd Lucas Dario – PM5

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: