Bolívar projeta Novo Hamburgo ofensivo contra o Inter

O hoje técnico Bolívar prepara o Novo Hamburgo para o jogo contra o Inter, neste sábado, com o regulamento sob o braço. Ele, que fez história vestindo justamente a camisa colorada, confirma que prepara mudanças para tornar a sua equipe mais ofensiva para o duelo no Estádio do Vale, mas considerará um empate satisfatório se sua equipe não sofrer gols – o regulamento das fases decisivias do Gauchão prevê saldo qualificado.

“Por jogar em casa e saber que tem gol qualificado, vamos ter que propor um pouco mais o jogo. A gente já tentou fazer isso no Beira-Rio, mas não conseguimos chegar tanto na área. Fomos bem até a intermediária, mas não conseguimos concluir tanto. Agora, vamos atacar, mas com cuidado para não sofrer gols”, afirmou o ex-zagueiro, lembrando do último encontro entre as duas equipes, que ocorreu na quarta-feira passada com vitória colorada por 2 a 0.

Ele disse que conversou com seus jogadores nessa sexta-feira e explicou que o jogo contra o Inter terá grande audiência. Lembrou que o sucesso diante dos colorados marcará a carreira de cada um. “Todo mundo vai ver esse jogo. É uma baita vitrine. Imagina tirar o Inter agora da competição?”

Bolívar viu um jogo equilibrado entre os dois times na fase classificatória. “Fizemos um bom enfrentamento contra o Inter na quarta-feira. Pecamos em um detalhezinho na bola parada e sofremos o gol. Se não tomássemos aquele gol, a gente poderia ter conseguido um 0 a 0. Contra time grande, não pode pecar. Pecamos e sofremos. O grande desafio é evitar que isso ocorra outra vez”, analisa.

Ele contará com todos os seus principais jogadores para o jogo contra o Inter. O meia Juninho, inclusive, está de volta e deve começar a partida. “A gente precisa ganhar. Vamos buscar uma alternativa para que isso aconteça”, finaliza.

 

Correio do Povo

Foto: Elenise Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *