Barreiras de madeira visam a recomposição das dunas em Tramandaí

A Beira-mar de Tramandaí está passando por um amplo processo de revitalização. Em breve, teremos uma orla totalmente remodelada. O início da retirada dos quiosques ocorreu no dia 13 de junho deste ano, devido a uma ação do Ministério Público, movida ainda no ano de 2004. Inclusa nessa determinação, está à reposição parcial de dunas, mais precisamente no trecho que inicia na Avenida da Igreja.

Diante disso, a Secretaria do Meio Ambiente instalou barreiras de madeira na faixa onde deverão constar as dunas. Elas foram distribuídas de uma maneira em que os ventos dominantes possam fazer o trabalho natural, acumulando naqueles pontos a areia da praia.

“São três estágios. Iniciamos com a formação do assentamento por elevação progressiva (embrionamento). Depois há a formação da plataforma horizontal e, por último, a fixação da vegetação”, disse o Secretário Fernando Campani, que é o biólogo responsável pelo projeto.

A revitalização da Beira-mar foi dividida em etapas. A primeira deverá ser concluída em janeiro de 2019.

 

Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *