Agricultura familiar ganha reforço do Projeto Taramandahy – Fase III

O Projeto Taramandahy – Fase III começou a assessoria às famílias que possuem ou buscam a certificação orgânica. O primeiro encontro foi realizado no dia 31 de janeiro, com o Grupo Aguapés e contou com a presença dos membros-agricultores Paulo César, Luís Carlos, Ednei, João Antônio e Arli, do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Osório, Edson Souza e dos técnicos do Projeto, Evandro Mateus Moura e João Gustavo Goulart Rupp.

Durante a reunião, foi apresentado o Projeto e discutido formas de potencializar as ações de conservação integrada dos recursos hídricos, solo e floresta. Assim foi ressaltada a importância estratégica para melhorar a qualidade e preservação das águas da Bacia Hidrográfica do Rio Tramandaí, dentro da realidade dos participantes.

Dessa forma, buscou-se identificar demandas de assessoria que envolvam a certificação e a transição agroecológica, a fim de construir e firmar um plano de trabalho conjunto. Entre as demandas identificadas estão: a inclusão da produção do açaí de juçara na certificação, bem como a sua regularização, o manejo, acompanhamento e a certificação das agroflorestas, a produção de bananas e, o auxílio à documentação dos integrantes do grupo.

O Projeto atende a três grupos: além do Aguapés, o Grupo Vale do Maquiné e o Grupo Bons Ventos, totalizando cerca de vinte famílias. A assessoria tem como objetivo contribuir para consolidar a transição agroecológica das famílias, facilitar o processo de certificação da produção orgânica e igualmente, colaborar com a integração de novas famílias aos grupos já existentes e com os meios que gerem lideranças e autonomia aos mesmos. O Projeto Taramandahy – Fase III é realizado pela Anama e patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental e Governo Federal.

Mais informações pelo e-mail taramandahy@gmail.com ou pelo telefone (51) 3628-1415.

_

Foto: Assessoria de Comunicação do Projeto Taramandahy – Fase III/ Divulgação


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *