Agentes Comunitárias de Saúde têm palestra sobre prevenção ao suicídio

Na manhã desta sexta-feira (13/09), as agentes comunitárias de saúde de Santo Antônio da PAtrulha participaram de uma palestra alusiva ao Setembro Amarelo. A atividade foi ministrada pela psicóloga do Centro de Assistência Psicossocial, Cristine Schwengber.

Cristine explicou a diferença entre tristeza e depressão. “Os principais sintomas da depressão são: humor deprimido prolongado; perda de interesse e energia, desânimo e cansaço; diminuição de concentração, falta de autoestima e de apetite; perda ou excesso de sono; pensamentos de culpa e pessimismo. É importante ressaltar que um dos indícios isolados, não significa necessariamente depressão.”

A psicóloga também instruiu as agentes de qual a melhor forma de abordar o paciente. “O motivo mais frequente para não procurar ajuda é o medo do preconceito da família. Por isso a desconstrução deste tabu é essencial.”

A coordenadora do CAPS Juliana Melo informou que o CAPS possui um grupo para pessoas que estão de luto e dependentes químicos. Ambos não têm lista de espera, basta comparecer ao local e solicitar participação.

O secretário da Saúde Charlis Santos reforça a importância de falar sobre depressão, suicídio não só para a população, mas também para os profissionais da Saúde. Segundo ele, os  Agentes Comunitárias, principalmente, podem ter um papel relevante neste sentido. “Nossos agentes comunitários percorrem todo o município, entram nas residências e podem identificar casos suspeitos de depressão nas famílias e fazer os encaminhamentos necessários”, afirmou.

Viviani Silveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *