‚účūüõĎBlitz de enfrentamento √† viol√™ncia contra as mulheres em Torres

Destaque Geral Polícia
Na manh√£ de sexta-feira (7/1), a Brigada Militar realizou uma blitz de enfrentamento √† viol√™ncia contra as mulheres, em Torres. A a√ß√£o foi promovida pela Patrulha Maria da Penha e envolveu tamb√©m os policiais militares da Base M√≥vel Comunit√°ria (BMC), com o objetivo de orientar √† comunidade sobre a assist√™ncia disponibilizada pela Patrulha Maria da Penha durante todo o ano em todas as regi√Ķes do Estado.
A blitz contou com a participa√ß√£o do Corpo de Bombeiros Militares, da Pol√≠cia Civil – RS, das mulheres da “Rede Lil√°s” – apoio e prote√ß√£o a mulher, do Centro de Refer√™ncia da Mulher, do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, do Minist√©rio P√ļblico do Estado do Rio Grande do Sul Comarca de Torres, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e do Conselho do Idoso.
Ambos os envolvidos fizeram distribui√ß√£o de materiais informativos contendo dados divulgados pelo MP-RS, para a conscientiza√ß√£o quanto a este tipo de viol√™ncia. Os n√ļmeros demostram que no Brasil a viol√™ncia dom√©stica ainda acontece com demasiada frequ√™ncia: a cada hora 503 mulheres sofrem viol√™ncia dom√©stica, a cada dia treze mulheres s√£o v√≠timas de feminic√≠dio, a cada 8 minutos uma brasileira √© estuprada.
Os informativos continham tamb√©m os canais para efetuar den√ļncias e solicitar atendimento ou informa√ß√Ķes.
‚ě°ÔłŹ Central de Atendimento √† Mulher (180)
‚ě°ÔłŹ Brigada Militar (190)
‚ě°ÔłŹ Telefone Lil√°s (0800 541 0803)
‚ě°ÔłŹ Pol√≠cia Civil (WhatsApp 51 – 98444-0606)
A Patrulha Maria da Penha, um dos projetos sociais da Brigada Militar, foi criada em 2012 e busca proteger e acolher mulheres e familiares em situação de violência doméstica.

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado.