Brigada Militar lança projeto social com alunos de Capão da Canoa

Com o objetivo de acolher crianças em situação de vulnerabilidade no período das férias escolares a 1ª Companhia do 2º Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (2º BPAT) lançou o projeto “Formando Crianças para o Futuro”, em solenidade na Câmara de Vereadores de  Capão da Canoa, na tarde da terça-feira (09).
 
Com base no Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), a iniciativa reunirá 30 alunos de duas escolas municipais, com idades entre 9 e 15 anos, para atividades  de segunda a sexta-feira, entre 13h30 e 17h30, na sede do 2º BPAT, pelo período de 30 dias. Essa primeira turma participará do projeto até 08 de fevereiro. Alguns alunos já participaram do Proerd.
 
As crianças serão orientadas sobre cidadania, prevenção às drogas, meio ambiente, saúde e higiene, trânsito, respeito aos hinos e símbolos nacionais, além de serem estimuladas ao hábito da leitura e participarem de atividades lúdicas, como oficinas de artes e passeios em pontos turísticos.
 
O comandante do 2º BPAT, tenente-coronel Ricardo Pedro Maron Burgel, destacou a importância do projeto lembrando que uma sociedade se transforma por meio da educação. “O tempo que se leva para mudar uma sociedade é de duas a três gerações. O ato de prender resolve momentaneamente. Não se muda uma cultura construindo presídios. Hoje eles são necessários, mas, quem sabe daqui a alguns anos, esses prédios virem escolas?”, contextualizou o oficial.
 
O comandante da 1ª Companhia do 2º BPAT, capitão Juliano Antônio Giboski, explicou a dinâmica do projeto e salientou que um dos objetivos é aproximar os alunos e seus familiares da Brigada Militar, com o caráter de proteção social dessas crianças e das pessoas que convivem com elas.
 
O lançamento do projeto que conta com o apoio da prefeitura, Câmara de Vereadores e de algumas empresas de Capão da Canoa, foi prestigiado pelo comandante do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Litoral (CRPO Litoral), coronel Ricardo Fraga Cardoso;  subcomandante do 2º BPAT, major Tiago Carvalho Almeida;  vereadora Lavina Dias de Souza; Secretária Municipal de Educação interina, Cinara de Almeida Pires; e pelo oficial-ajudante da polícia de Misiones, Argentina, Gerardo Ariel Fredrich, que atua na Operação Golfinho.
 
TEXTO: Jussara Pelissoli/CRPO Litoral
FOTO: Sd Raudrey Petry/BM-PM5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *